A História Do Primeiro Rádio

A história do primeiro rádio é uma historia conturbada. Muito se questiona sobre quem o inventou.

Na Alemanha diz-se que Heinrich Hertz foi o inventor do primeiro rádio. Na frança fala-se de Edouard Branly. Na Rússia clamam que o inventor do primeiro rádio foi Alexander Popov. Até mesmo no Brasil temos o nosso candidato a inventor do rádio, o Padre Roberto Landell de Moura.

A única coisa que se pode afirmar sobre a invenção do rádio e que todos estes homens trabalharam e contribuíram com seus estudos para entendermos melhor o rádio.

Como começou:

A história do primeiro rádio começa com os primeiros estudos do eletromagnetismo no Século XVI. E foi melhor explorada a partir de 1860 quando o Escocês James Maxwell (1831-1879), descobriu as ondas de rádio.

Heinrich Hertz:

Heinrich Hertz

No Século XIX, O físico Alemão Heinrich Rudolf Hertz (1857-1894), verifica a existência de ondas eletromagnéticas, propostas por Maxwell, e descobre formas de controlar a frenquência em que essas ondas eram produzidas.

Essas ondas foram chamadas de Ondas Hertzianas.

Suas experiencias lhe permitiram demonstrar, de fato, a existência da radiação eletromagnética.

Ainda no século XIX a história do primeiro rádio começa a ser cada vez mais definida.

Édouard Branly:

O Físico Francês Édouard Branly (1844-1940), constrói um aparelho chamado de Coesor que era capaz de detectar esses sinais.

O coesor consistia de um tubinho de vidro contendo limalha metálica e um eletrodo em cada extremidade. Estes sinais eram bem fracos pois ainda não existiam dispositivos capazes de amplifica-los.

A contribuição de Branly para a história do primeiro rádio crucial para chegar ao que temos hoje em dia.

Alexander Popov:

No 1896, Aleksandr Popov (1859-1905), desenvolve uma antena transmissora de sinais que viajavam a pequenas distancias.

Além de construir uma versão do coesor, Popov contribuiu para a história do primeiro rádio efetuando com sucesso uma transmissão de sinais entre a terra e um barco a 5 quilômetros de distância.

Guglielmo Marconi

Immagini Marconi

O italiano Guglielmo Marconi (18741937), é considerado por muitos o criador do rádio moderno.

Baseando-se em estudos publicados por Nikola Tesla (1856 – 1943), realizou em 1899 a primeira transmissão através do canal da mancha.

Dois anos mais tarde fez com que sinais transmitidos da Inglaterra fossem detectados com clareza no Canadá.

Marconi Registrou a patente do radiotelegrafo, um dos precursores do rádio.. Sua contribuição para a história do primeiro rádio é inquestionável.

Porém muito se questiona sobre se Marconi é realmente o pai da invenção do rádio.

A Suprema Corte dos Estados Unidos retirou a patente de Marconi pois foi observado que não havia nada em seu trabalho que não houvesse sido descoberto por Tesla, anteriormente.

O que se afirma é que mesmo não tendo criado nenhum dispositivo em particular, ele é considerado o pai do rádio tendo em vista que ninguém antes dele teve a ideia de utilizar as ondas Hertzianas com o objetivo de comunicação.

Roberto Landell de Moura

Foi pioneiro na transmissão de voz humana sem fio mesmo antes mesmo de Marconi e Fessenden.

Autodidata utilizou aparelhos de construção própria em seus experimentos.

O jornal O estado de S.Paulo deu notícia de que, em 1899, Landell conseguiu transmitir com êxito a voz humana.

Padre Landell nunca conseguiu financiamento necessário para dar continuidade a suas pesquisas nem para construir equipamentos de rádio em larga escala.

Seus feitos até hoje não são reconhecidos como deviam, tanto no exterior quanto no território nacional.

A contribuição de Landel para a história do primeiro rádio não deve ser esquecida, mas sim louvada.

A primeira Comunicação por voz

Mesmo que Landell tenha conseguido esse feito primeiro, ele é atribuído ao canadense Reinald Fessenden.

Fessenden Conseguiu transmitir por mais de uma hora, conversas e música para um grupo de radioamadores.

O radiotelegrafo

O radiotelegrafo

Considerados por muito o Primeiro Rádio a ser fabricado, foi criado por Guglielmo Marconi.

O radiotelegrafo utilizava-se de diversos outros equipamentos criados para a recepção e transmissão de sinais através do espaço.

Ele foi criado com o Intuito de substituir o telégrafo elétrico, pois esse demandava longos cabeamentos que atravessavam longas regiões.

Foi difundido dentre as frotas marítimas como maneira de comunicação a longa distancia.

Salvou a vida de milhares de pessoas durante um naufrágio, possibilitando o envio dos pedidos de socorro através das ondas de rádio.

De fácil construção, o rádio se difundiu através do mundo e foi se sofisticando cada vez mais com o tempo.

Hoje em dia é impossível imaginar um mundo onde não exista a comunicação a distância.

Mesmo que este não tenha mais tanta força atualmente ,é importante entender o que nos levou a ter esse facil acesso a comunicação hoje em dia.

A criação da internet e da TV só foram possí veis através das descobertas feitas com o rádio.